Jorge Vercillo Baixar Músicas

Jorge Vercillo

MPB

2090 views
Compartilhe Agora:

foto de Jorge Vercillo

Jorge Luiz Sant´anna Vercillo (recentemente, adotou seu sobrenome original, incorporando mais um “L”) (Rio de Janeiro, 11 de outubro de 1968) é um cantor, violonista e compositor brasileiro. Com mais de 1,5 milhão de CDs e DVDs vendidos em mais de 15 anos de carreira, Jorge Vercillo é hoje um requisitado compositor. Até o momento, Vercillo lançou 10 CDs inéditos e 5 DVDs, tendo conquistado 1 Disco de Platina, 3 Discos de Ouro e 2 indicações ao Grammy Latino (2007 e 2009). Suas canções já foram gravadas tanto por novos expoentes, quanto por grandes nomes da nossa música, como Ana Carolina, Maria Bethânia, Caetano Veloso, Buchecha, Leila Pinheiro, Luiza Possi, Danilo Caymmi, Pedro Mariano, Jorge Aragão, Peri Ribeiro, dentre outros. É formado em jornalismo mas nunca chegou a exercer a profissão. Começou na música por incentivo de sua tia Lêda Barbosa aos 16 anos[1], depois de "desviado" dos treinos de futebol no Flamengo, por uma fita cassete contendo músicas de Djavan. Iniciou sua carreira artística aos dezesseis anos de idade, tocando em bares e em 1989 no Festival Internacional de Trovadores (INTROVESTCUR), em Curaçau, alcançou o primeiro lugar com a canção "Alegre", de sua autoria, recebendo também o prêmio de melhor intérprete.[1] Jorge Vercillo nasceu em 11 de outubro de 1968, no Rio de Janeiro. Começou a se apresentar em bares cariocas ainda jovem, aos 15 anos de idade. Por incentivo de sua tia, Lêda Barbosa, foi se afastando dos treinos de futebol no Flamengo, onde já mostrava habilidade. Enquanto se apresentava na noite carioca, participou de vários festivais de música pelo país. Em 1989 e 1990, representou o Brasil no Festival Internacional de Curaçao, no qual venceu pelos dois anos consecutivos. Em 1989, com a canção “Alegre”, de sua autoria, e, no ano seguinte, com a canção “No bay”, no idioma nativo. Em 1993, tem a chance de gravar seu disco de estréia, "Encontro das águas" (Continental), produzido por Renato Corrêa. O álbum foi bem recebido e duas canções do repertório se tornam sucessos nas rádios do todo o país: "Encontro das águas", que fez parte da trilha da novela Mulheres de Areia, e "Praia Nua", da novela Tropicaliente, ambas da TV Globo. Embalado pela boa repercussão de seu disco de estréia, Jorge Vercillo lança o CD "Em tudo que é belo" (Continental), em 1996, trazendo experimentos e fusões com a world music. Com esse disco, foi indicado para o Prêmio Sharp 1997 na categoria Melhor Cantor Pop. Em 1998, se desliga da gravadora Continental e lança, de forma independente, o CD Leve (1999). O disco traz "Final Feliz", música de sua autoria, gravada em duo com Djavan. A canção teve repercussão imediata nas rádios de todo o país e ganha uma releitura nas vozes de Caetano Veloso e Alexandre Pires, gravada no DVD ao vivo do grupo Só pra Contrariar. O sucesso de "Final Feliz" se estende ao longo do ano de 2000. E levou o cantor e compositor a subir ao palco do Canecão, RJ, também de forma independente. A repercussão de uma única apresentação numa casa de espetáculos lotada chamou a atenção de vários executivos de gravadoras multinacionais. Ainda em 2000, Jorge Vercillo assina com a sua atual gravadora, a EMI Music, que relança o álbum Leve, no final do mesmo ano. O disco rendeu ainda os sucessos “Leve”, “Avesso” e “Em órbita”. Em 2002, Jorge Vercillo lança Elo, álbum que vende mais de 300 mil cópias num momento delicado para a indústria fonográfica. O disco traz novos sucessos para o compositor, como “Que nem maré” (música mais executada nas rádios de todo o país naquele ano), “Homem-aranha” (um dos maiores sucessos da carreira do compositor) e “Fênix”. Esta última, criada em parceria com Flávio Venturini, foi tema da minissérie “A Casa das Sete Mulheres”, da TV Globo. Ainda no repertório desse disco, a canção “O reino das águas claras”, é tema da nova versão do programa infantil “Sítio do Pica-Pau Amarelo”. No ano de 2003, mais uma canção do músico ocupa as primeiras posições nas rádios de todo o país. "Encontro das Águas", gravada em duo com Jorge Aragão, faz parte do CD e DVD "Jorge Aragão Convida - Ao Vivo". No final do mesmo ano, Jorge Vercillo lança seu quinto trabalho autoral, o CD e DVD Livre, que tem em seu repertório a canção Monalisa, mais um sucesso nas rádios de todo o país. Em 2004, ao lado de outros grandes nomes da música popular brasileira, Vercillo esteve presente na gravação do hino do projeto "Fome Zero". Nesse ano, participa também dos DVDs ao vivo de Ivan Lins (Guarde nos Olhos) e Pepeu Gomes (Deusa do Amor), e conhece Marcos Valle, com quem vem a compor a música “Pela ciclovia”, sucesso na voz de Leila Pinheiro. O ano de 2005 traz Signo de Ar, CD que inaugura novas parcerias de Jorge Vercillo com nomes como Ana Carolina, Nico Rezende, Torquato Mariano e Dudu Falcão. Este último, parceiro na música “Ciclo”, tema da novela “A Lua me Disse”, da TV Globo. Em 2006, recebeu o Prêmio Tim na categoria de Melhor Cantor pelo Voto Popular. No mesmo ano, lançou seu primeiro DVD, Jorge Vercilo Ao Vivo. O projeto, uma coletânea de seus grandes sucessos, conta também com as participações especiais dos parceiros Ana Carolina, Marcos Valle e Leila Pinheiro. Em 2007, Jorge Vercillo, mais uma vez, recebe o Prêmio TIM na categoria de Melhor Cantor pelo Voto Popular. No mesmo ano, participa de "Coisa de Jorge", CD e DVD lançados pela EMI Music em show homenagem a São Jorge, que reuniu os “Jorges” Vercillo, Benjor, Mautner e Aragão, no dia 23 de abril, na Praia de Copacabana. Dentre as músicas inéditas do projeto, a canção “Líder dos templários” (composta por Jorge Vercillo, Jorge Benjor e Jorge Aragão), um canto de fé ao santo devoto, foi sucesso nas rádios. Todos Nós Somos Um, foi lançado em novembro de 2007. O sétimo trabalho de inéditas de Jorge Vercillo tem ótima repercussão da crítica especializada. O álbum, que marca uma renovação na proposta musical do artista, traz os já conhecidos desenhos melódicos de Vercillo, desta vez mais próximos do universo musical brasileiro, em ritmos como samba, xote, toada, bossa nova. O disco traz importantes parcerias do compositor com Fátima Guedes, Marcos Valle, Paulo César Feital, entre outros. Escolhida como o primeiro single do álbum, a canção “Ela une todas as coisas” (parceria com Jota Maranhão), foi sucesso nas rádios de todo o país. A música compôs a trilha sonora de “Duas Caras”, novela das 21h da TV Globo. Ainda do disco Todos Nós Somos Um, a balada “Deve ser” (Jorge Vercillo/Dudu Falcão) foi escalada para a trilha sonora do folhetim “Viver a vida”, de Manoel Carlos. O CD e DVD “Trem da Minha Vida” foi lançado em março de 2009 pela EMI Music. O projeto traz o registro ao vivo de duas noites de ingressos esgotados no Canecão, RJ (dias 31 de outubro e 1º de novembro de 2008), além de alguns dos sucessos da carreira do artista. No final de 2009, o cantor se desliga amigavelmente da EMI Music. E em janeiro de 2010 assina contrato com a Sony Music/Day 1, que lança em abril do mesmo ano “D.N.A”, o oitavo disco de inéditas de Vercillo. O álbum teve como primeiro single a canção “Me transformo em luar”, que recentemente ganhou uma versão em espanhol, criada pelo cantor e compositor argentino Pedro Aznar e a balada assinada em parceria com Dudu Falcão, “Deve ser”, integrou a trilha sonora da novela “Viver a vida”, de Manoel Carlos, da TV Globo. No Cd, também se destacaram musicas como “Arco-Íris”, sucesso nas rádios de todo o Brasil e “Há de ser”, que traz a participação especial de Milton Nascimento. A turnê do álbum “D.N.A.” passou por todo Brasil e foi encerrada no dia 2 de julho de 2011 no palco do Vivo Rio, no Rio de Janeiro. Na ocasião, Jorge já produzia o seu nono álbum de inéditas “Como Diria Blavatsky”. Com o novo CD, que chegou às lojas em outubro de 2011, Vercillo inicia uma nova fase na carreira, ao lançar o disco pelo seu próprio selo, Leve, com distribuição da Posto 9 Música/MicroService. “Sensível Demais”, música que faz sucesso nas rádios de todos Brasil e está em 1o lugar no Rio de Janeiro, é uma canção de amor inédita na voz do cantor. De autoria de Vercillo, “Sensível Demais” foi lançada pela dupla Chrystian & Ralf em 1998 e regravada por Maria Bethânia em 2005. “Memória do Prazer”, primeira música composta em parceria com a sua mulher Gabriela Vercillo, integra a trilha sonora da novela Fina Estampa, da TV Globo. A canção, que tem a participação especial de Ninah Jo e faz parte do repertório do CD DNA, entrou como bônus no novo álbum. O cantor e compositor foi escolhido para cantar na abertura do Brazil Festival, que aconteceu em Amsterdam durante os meses de outubro e novembro de 2011. Vercillo se apresentou no dia 3 de outubro de 2011, dando início ao megaevento que vai celebrar a cultura brasileira na cidade holandesa. Jorge Vercillo estreou sua nova turnê Como Diria Blavatsky, no Rio de Janeiro, dia 29 de outubro de 2011, no Citibank Hall e seguiu em turnê por todo o pais. Na sua primeira turnê européia, que ocorreu em 2012, apresentou-se nas seguintes casas de show Dingwalls (Londres), Pizza Express Live Jazz (Londres), TMN Hall (Lisboa), Mr. Pickwik (Genebra), Teatro Rivoli (Porto) e New Morning (Paris). Esta passagem pelo velho continente foi do dia 15 ao 24 de maio daquele ano. Programa Compositores Unidos O artista iniciou no dia 05 de janeiro de 2013 um projeto em parceria com Dudu Falcão e o Canal Brasil intitulado Compositores Unidos. Gravado na casa do cantor e compositor Jorge Vercillo, idealizador do projeto ao lado de Dudu Falcão, a série apresenta oito encontros, no estilo sarau, de um grupo de músicos que se une para trocar ideias e cantar. A produção do Canal Brasil tem parceria com a B2 Produções e direção de Darcy Burger. Cada programa traz uma respeitada seleção de convidados: Roberto Menescal, Angela Ro Ro, Verônica Sabino, Jorge Aragão, Flávio Venturini, Leny Andrade, Altay Veloso, Fatima Guedes, Gabriel Moura, Max Viana, Totonho Villeroy, Nina Jo, Claudio Cartier, Nico Rezende, Luiza Possi, Ive, dentre outros, marcam presença na atração. El Guión, composta e interpretada por Villeroy, é a canção de abertura. Para o repertório, foram selecionadas, dentre outras, Nada a Perder, de Lenine e Dudu Falcão; O Barquinho, clássico de Menescal e Ronaldo Bôscoli; Como Diria Blavatsky, de Jorge Vercillo; Todo Sentimento, fruto da parceria de Cristovão Bastos e Chico Buarque; Condenados, de Fatima Guedes; Além de Mim, criada por Jorge Aragão e Nilton Barros; e Noites com Sol, de Flávio Venturini e Murilo Antunes. Discografia 1994 - Encontro das Águas 1996 - Em Tudo que É Belo 2000 - Leve 2002 - Elo 2003 - Livre 2003 - Perfil 2005 - Signo de Ar 2006 - Warner 30 anos: Jorge Vercillo 2006 - Jorge Vercilo ao Vivo 2007 - Coisa de Jorge (Em conjunto com Jorge Aragão, Jorge Ben Jor e Jorge Mautner) 2007 - Todos Nós Somos Um 2009 - Trem da Minha Vida 2010 - DNA 2011 - Como Diria Blavatsky 2013 - Luar de Sol DVDs 2003 - Livre 2006 - Jorge Vercilo ao Vivo 2007 - Coisa de Jorge (Em conjunto com Jorge Aragão, Jorge Ben Jor e Jorge Mautner) 2009 - Trem da Minha Vida 2010 - DNA 2013 - Luar de Sol

Se você encontrou alguma informação errada ou poderia melhorar essa página sobre Jorge Vercillo fale agora mesmo com a gente!

Faltando alguma coisa aqui? Mande mais fotos de Jorge Vercillo para gente!

TODOAS AS MÚSICAS
  1. A Lei do Retorno

    118 views
  2. A lenda do Dinheiro Enterrado

    329 views
  3. À Meia-luz

    134 views
  4. Abismo

    254 views
  5. Alegre

    282 views
  6. Amanheceu

    173 views
  7. Apesar de Cigano

    111 views
  8. As Árvores

    590 views
  9. Asas Cortadas

    113 views
  10. Avesso

    811 views
  11. Banda De Rock

    208 views
  12. Beatriz

    282 views
  13. Boas-Novas

    206 views
  14. Camafeu Guerreiro

    201 views
  15. Canavial

    189 views
  16. Carinha Linda

    404 views
  17. Cartilha

    269 views
  18. Caso Perdido

    207 views
  19. Celacanto

    243 views
  20. Celestes

    210 views
  21. Clara

    288 views
  22. Coisas Que Eu Sei

    309 views
  23. Como Diria Blavatsky

    285 views
  24. Contraste

    314 views
  25. Coragem

    203 views
  26. Delicadeza

    388 views
  27. Desvaneio

    281 views
  28. Deusa Do Amor

    258 views
  29. Devaneio

    477 views
  30. Deve Ser

    182 views
  31. Dindi

    289 views
  32. Distante

    246 views
  33. Do Jeito Que For

    289 views
  34. Do Pontal À Restinga

    152 views
  35. Ela Une Todas As Coisas

    1272 views
  36. Em Órbita

    225 views
  37. Em Tudo Que É Belo

    184 views
  38. Encontro das Águas

    203 views
  39. Eu Que Não Sei Quase Nada do Mar

    217 views
  40. Eu Quero a Verdade

    216 views
  41. Eu Só Quero Dançar

    198 views
  42. Eu Sou

    320 views
  43. Face de Narciso

    250 views
  44. Fácil de Entender

    284 views
  45. Fantasias (part. Thiaguinho)

    45 views
  46. Fascinação

    362 views
  47. Fênix

    241 views
  48. Fenômenos da Natureza

    476 views
  49. Filosofia de Amor

    355 views
  50. Filosofia de Amor (part. Jota Maranhão)

    170 views
  51. Futuro Azul

    253 views
  52. Homem Aranha

    317 views
  53. Hoy La Luna (part. Pedro Aznar)

    27 views
  54. Infinito Amor

    163 views
  55. Invictor

    227 views
  56. Invisível

    193 views
  57. Ive Brussel

    216 views
  58. Les Rayons Du Matin

    168 views
  59. Leve

    229 views
  60. Lider dos Templarios

    296 views
  61. Linda Flor part. (Gabriel Burlamaqui)

    364 views
  62. Livre

    218 views
  63. Longe

    199 views
  64. Lua de São Jorge

    283 views
  65. Luz do Sol

    182 views
  66. Mão do Destino

    252 views
  67. Me Leve a Sério

    204 views
  68. Me Transformo Em Luar

    140 views
  69. Melhor Lugar

    351 views
  70. Memória do Prazer

    949 views
  71. Monalisa

    290 views
  72. Muamba

    204 views
  73. Nas Minhas Mãos

    127 views
  74. Nem Um Dia

    440 views
  75. Noite do Prazer

    195 views
  76. Nos Espelhos

    322 views
  77. O Céu E O Mar

    267 views
  78. O Infinito Amor

    778 views
  79. O Reino das Águas Claras

    207 views
  80. Olha Não Me Olha

    248 views
  81. Olhos de Ísis

    295 views
  82. Olhos de Nunca Mais

    101 views
  83. Oração Yoshua

    334 views
  84. Palco

    273 views
  85. Pela Ciclovia

    226 views
  86. Pemissão

    132 views
  87. Penso em Ti

    350 views
  88. Playa Desnuda

    237 views
  89. Pode Parar

    202 views
  90. Pode Ser

    420 views
  91. Por Nós

    232 views
  92. Pra Valer

    167 views
  93. Quando a Noite Chegar

    319 views
  94. Quando eu Crescer

    232 views
  95. Quase Amor

    307 views
  96. Que Nem Maré

    819 views
  97. Quer Dizer

    184 views
  98. Raiou

    295 views
  99. Rasa

    263 views
  100. Rastro de Cometa

    161 views
  101. Regressão

    217 views
  102. Rima

    289 views
  103. Rio Delírio

    332 views
  104. São Jorges

    239 views
  105. Senhora Liberdade

    253 views
  106. Signo de Ar

    403 views
  107. Suave

    347 views
  108. Suspense

    385 views
  109. Talismã Sem Par

    356 views
  110. Toda Espera

    295 views
  111. Trem da Minha Vida

    276 views
  112. Tudo a Ver

    270 views
  113. Tudo Ilusão

    185 views
  114. Um Segredo e Um Amor

    284 views
  115. Vela de Acender, Vela de Navegar

    255 views
  116. Ventania

    227 views
  117. Ventos Elísios

    278 views
  118. Ventou, Ventou

    168 views
  119. Você é Tudo

    358 views
  120. Xote do Polytheama

    243 views

Envie mais letras de Jorge Vercillo

>