Cartola

Samba

1956 views
Compartilhe:

foto de Cartola

Agenor de Oliveira(registrado como Angenor), mais conhecido como Cartola, (Rio de Janeiro, 11 de outubro de 1908 — Rio de Janeiro, 30 de novembro de 1980) foi um compositor, cantor e poeta brasileiro. Era um dos sambistas que compunham a velha-guarda da escola de samba Estação Primeira de Mangueira, sendo considerado o responsável tanto pela escolha do nome, como das cores adotadas pela Escola (verde e rosa). Cartola compôs, sozinho ou com parceiros, mais de quinhentas canções, como o "O Sol Nascerá", que já foi regravada mais de 600 vezes. Suas canções são musicalmente bastante elaboradas e suas letras têm uma carga poética muito forte. Angenor de Oliveira, nasceu no dia 11 de outubro de 1908, no Rio de Janeiro, no bairro do Catete. Seus pais, Sebastião Joaquim de Oliveira e Aída Gomes de Oliveira, tiveram 7 filhos, Cartola foi o quarto. Seu envolvimento com o carnaval começou cedo, aos 8 anos de idade já participava desfilando em blocos carnavalescos de rua. Foi morar no morro da Mangueira, aos onze anos, por problemas financeiros em sua família. Apesar da riqueza de suas poesias e da quantidade em que as produziu, Cartola estudou somente até o primário. Cartola jamais conseguiu se integrar ao mercado de trabalho, passou sua vida trabalhando em bicos. Foi pedreiro, pintor de paredes, lavador de carros, vigia de prédio e contínuo de repartição pública. Foi como pedreiro que ganhou seu apelido, "Cartola". Quando trabalhava com cimento estava sempre sujando seus cabelos, o que o aborrecia bastante pois ele era muito vaidoso. Passou então a sempre usar um chapéu, assim seus cabelos estavam protegidos do cimento. Seus amigos então o apelidaram de Cartola. Dona Aída morreu prematuramente. Seu pai era muito severo e o expulsou de casa aos 17 anos de idade. Sozinho, envolveu-se com várias mulheres, adoeceu e teve que parar de trabalhar. Esteve a beira da morte mas se reergueu com ajuda dos amigos. Cartola, assim como seu fiél amigo e também sambista Noel Rosa, vende sambas no início da carreira. O primeiro deles foi Que infeliz sorte, de 1927, vendido por trezentos contos de réis e sendo gravado por Francisco Alves. Foi nessa epóca, década de 1920, que os blocos de carnaval resolveram se organizar na forma de sociedades permanentes. Ismael Silva funda na Estácio uma associação que se autodenominou Escola de Samba, a Deixa Falar. Em 28 de Abril de 1928, Cartola e mais seis amigos reunidos na casa do Euclides da Joana Velha, na favela da Mangueira, reunem os blocos carnavalescos do morro e fundam a Escola de Samba Estação Primeira de Mangueira. Os seis amigos eram: seu Euclides, Saturnino Gonçalves (o Satur), Marcelino José Claudino (o Massu), Pedro Caim (o Pedro Paquetá), Abelardo da Bolinha e Zé Espinguela. A escolha das cores e o nome da escola são atribuídos a Cartola. No primeiro desfile, com o samba enredo "Chega de Demanda" de Cartola, a Mangueira ganha seu primeiro prêmio de carnaval, no desfile na Praça Onze. Cartola segue como diretor de harmonia e como um dos compositores da escola, dedica a isso boa parte de sua vida. Seus sambas são gravados por muitos cantores da década de 1930. Em 1939, vai para os Estados Unidos para gravar com Leopold Stokowski. Cartola muitas vezes teve divergências com a direção da Escola, nos anos de 1949 e 1977 ele não desfilou. Ele alegava que os diretores da Escola haviam transformado a Escola num reduto eleitoreiro. Cartola se afasta da Mangueira, vai morar na Baixada Fluminense. Fica viúvo e contrai meningite. Por volta dos anos 50, Sérgio Porto o encontra lavando carros, trabalhando num posto em Ipanema nas madrugadas, e o relança como cantor e compositor. Em 1952 curado volta a viver no morro da mangueira e começa a namorar a também viúva dona Euzébia Silva do Nascimento, a famosa Dona Zica - irmã da mulher do compadre Carlos Cachaça. Dona Zica e Cartola haviam crescido juntos, haviam se conhecido nos desfiles dos blocos carnavalescos de rua. Cartola era dos "Arrepiados" e Dona Zica era do "Bloco do Seu Júlio". Cartola e Dona Zica casam-se depois de doze anos juntos, em 1964. É ao lado de Dona Zica que cartola compõe "As Rosas não Falam", "Nós Dois" (dois dias antes do casamento de Cartola e Dona Zica), "Tive Sim" e "O sol Nascerá" (parceria com Elton Medeiros e gravada na voz de Nara Leão). Na década de 60 Cartola, Dona Zica e mais dois sócios fundam o botequim ZiCartola que se torna um ponto de encontro dos grandes sambistas da ocasião e onde surgem grandes talentos. É somente em 1974, já aos 65 anos, que grava seu primeiro disco, Cartola, produzido por Marcus Pereira. Morre em 30 de novembro de 1980, de câncer, no Rio de Janeiro. Apesar do grande sucesso de seus sambas, cartola morre pobre, morando numa casa doada pela prefeitura do Rio de Janeiro (em 30 de novembro do ano de sua morte). Nas decadas seguintes são muitas as homenagens póstumas prestadas a Cartola por artistas como Beth Carvalho, Alcione, Paulinho da Viola, Chico Buarque, Leny Andrade, Cazuza, Marisa Monte e outros. São de Cartola grandes sucessos como "As Rosas Não Falam", "O Mundo é um Moinho", "Ensaboa Mulata", "O Sol Nascerá", "Cordas de Aço" e "Acontece", interpretados por Marisa Monte, Fagner e Gal Costa, ou até por roqueiros dos anos 1980, a exemplo do Cazuza, ex-vocalista do grupo Barão Vermelho, e do cantor Paulo Ricardo.

Se você encontrou alguma informação errada ou poderia melhorar essa página sobre Cartola fale agora mesmo com a gente!

Faltando alguma coisa aqui? Mande mais fotos de Cartola para gente!

TODOAS AS MÚSICAS
  1. A Canção de Saudade

    276 views
  2. A Canção Que Chegou

    407 views
  3. A Mangueira É Muito Grande

    328 views
  4. A Mesma Estória

    370 views
  5. A Sorrir

    642 views
  6. A Vila Emudeceu

    632 views
  7. A Voz do Morro

    455 views
  8. Acabaram de Ouvir

    391 views
  9. Aconteceu

    491 views
  10. Alegria

    616 views
  11. Alfaiataria

    285 views
  12. Alvorada

    666 views
  13. Ao amanhecer

    356 views
  14. Assim não dá

    278 views
  15. Beijos

    640 views
  16. Bem feito

    351 views
  17. Bobagem

    581 views
  18. Brasil, Terra Adorada

    474 views
  19. Briga de Bendito Com Benedita

    779 views
  20. Briga De Benedito Com Benedita

    435 views
  21. Cadeira Vazia

    623 views
  22. Camarim

    516 views
  23. Canção de Saudade

    255 views
  24. Cassino da Urca

    365 views
  25. Cidade Morena

    380 views
  26. Ciência e Arte

    370 views
  27. Ciúme Doentio

    214 views
  28. Colombina

    485 views
  29. Como é Que eu Posso

    328 views
  30. Comovido

    314 views
  31. Consideração

    315 views
  32. Corações Em Festa

    341 views
  33. Corra e olhe o céu

    232 views
  34. Dê-me Graças Senhora

    330 views
  35. Desfigurado

    465 views
  36. Desperta Querida

    297 views
  37. Deus Te Ouça

    363 views
  38. Devia Ser Condenada

    300 views
  39. Disfarça E Chora

    499 views
  40. Dois bicudos

    500 views
  41. Enquanto Deus consentir

    339 views
  42. Escurinha

    267 views
  43. Estudei Demais

    298 views
  44. Eu E a Lua

    330 views
  45. Feriado na Roça

    266 views
  46. Festa da Penha

    434 views
  47. Festa Da Vinda

    457 views
  48. Fiz Por Você O Que Pude

    442 views
  49. Garças Pardas

    631 views
  50. Injúria

    571 views
  51. Justa Razão

    320 views
  52. Labaredas

    615 views
  53. Leito Vazio

    284 views
  54. Mangueira

    311 views
  55. Manhã De Primavera

    286 views
  56. Maravilhoso Vagabundo

    272 views
  57. Meu Drama (Senhora Tentação)

    1566 views
  58. Meu Primeiro Amor

    277 views
  59. Minha

    544 views
  60. Motivação

    525 views
  61. Na Floresta

    436 views
  62. Não faz mal amor

    430 views
  63. Não Faz, Amor

    287 views
  64. Não posso viver sem ela

    435 views
  65. Não Quero Mais

    314 views
  66. Não Quero Chorar

    282 views
  67. Nós Dois

    358 views
  68. O Mundo é Um Moinho

    600 views
  69. O Que é Feito De Você

    338 views
  70. O Sol Nascerá

    266 views
  71. Opção

    660 views
  72. Ordenes e farei

    305 views
  73. Orgia

    369 views
  74. Partiu

    577 views
  75. Pedi Perdão

    391 views
  76. Perdão, Meu Bem

    245 views
  77. Perdoa

    511 views
  78. Por Você Eu Chorei

    406 views
  79. Pranto de Poeta

    231 views
  80. Preciso Me Encontrar

    1649 views
  81. Preconceito

    260 views
  82. Pudesse Meu Ideal

    624 views
  83. Que É Feito De Você ?

    388 views
  84. Que Infeliz Sorte

    462 views
  85. Que Nem Pimenta

    321 views
  86. Quem Me Vê Sorrindo

    602 views
  87. Rolam Meus Olhos

    332 views
  88. Sei Chorar

    440 views
  89. Sem saudades

    602 views
  90. Silêncio de um cipreste

    328 views
  91. Sofreguidão

    283 views
  92. Sou Doutor

    526 views
  93. Tempos idos

    448 views
  94. Tive, sim

    675 views
  95. Tristeza

    267 views
  96. Tu Vais Ao Samba

    237 views
  97. Vai Amigo

    460 views
  98. Vale do São Francisco

    370 views
  99. Vem

    636 views
  100. Você É Uma Flor

    345 views
  101. Vou Te Contar Tintim Por Tintim

    437 views

Envie mais letras de Cartola