Zilo e Zalo Baixar Músicas

Zilo e Zalo

Sertanejo

1076 views
Compartilhe Agora:

foto de Zilo e Zalo

Aníbio Pereira de Souza, o Zilo, nasceu no Sítio Ribeirão dos Cubas em Santa Cruz do Rio Pardo-SP em 01/03/1935 e faleceu em São Paulo-SP em 06/01/2002. Belizário Pereira de Souza, o Zalo, nasceu também no mesmo sítio em Santa Cruz do Rio Pardo-SP em 25/05/1937. Trabalhavam na lavoura com o pai que também dançava Catira nas festas do lugar. Começaram a cantar com apenas 11 e 9 anos de idade nos bailinhos, coretos e festas paroquiais nos fins de semana e também nas tradicionais Festas de Santos Reis. Aprenderam a cantar e também a tocar Violão, Viola e Cavaquinho. Por essa época começaram também a compor algumas modinhas. Em 1954, eles eram "Pereré e Pereirinha" e cantaram durante seis meses diversos sucessos das duplas mais conhecidas da época (dentre as quais Tonico e Tinoco, Zé Carreiro e Carreirinho e Vieira e Vieirinha), na Rádio Difusora de Santa Cruz do Rio Pardo-SP. E, no mesmo ano de 1954, Zilo e Zalo mudaram-se juntamente com a família para a Paulicéia Desvairada, onde Aníbio passou a trabalhar num almoxarifado e Belizário passou a trabalhar com o pai num armazém de cereais. Foi em Vila Nova Cachoeirinha que eles se apresentaram pela primeira vez no Circo Rancho Alegre, de Paiozinho. Agradaram o público e, conseqüentemente, receberam o convite para participar do programa "Na Casa dos Fazendeiros", de Paiozinho e Zé Tapera, na Rádio Cultura. E foi nessa ocasião que Aníbio e Belizário assumiram o nome artístico de "Zilo e Zalo". Participaram também do Festival do Jubileu de Prata da Rádio Record, no qual ficaram entre os dez primeiros colocados. Em 1956, a convite do compositor e radialista Zacarias Mourão, passaram a participar da programação sertaneja da Rádio Bandeirantes, onde permaneceram até 1961 e se apresentaram também nos programas "Serra da Mantiqueira", "Brasil Caboclo" e "Novidades Sertanejas". E em 1958, a convite de Cascatinha, que era diretor artístico do selo Todamérica, Zilo e Zalo gravaram seu primeiro disco, um 78 RPM contendo as músicas "A Volta do Seresteiro" (Zalo - Benedito Seviero) e "Adeus do Mineiro" (Teddy Vieira - Piraci). A partir de então, iniciou-se a trajetória de sucesso e a dupla foi contratada pela gravadora Continental. São dessa época alguns dos seus principais sucessos, dentre eles, "Castigo Merecido" (Zalo - Alcindo Machado), "O Silêncio do Seresteiro" (Zilo - Benedito Seviero) e "Engano do Carteiro" (Léo Canhoto), apenas para citar algumas. Zilo e Zalo foram também a primeira Dupla Caipira a lançar e vender discos no estrangeiro: após o sucesso de "Grande Esperança" (Goiá - Francisco Lázaro) gravada em 1965, a Chantecler lançou no ano seguinte um Compacto Simples (C-16110), que foi um trabalho beneficente, comercializado somente no mercado internacional, contendo o Rasqueado "Castelo de Areia" (Carreirinho) e a Guarânia "Grande Esperança" (Francisco Lázaro - Goiá).

Se você encontrou alguma informação errada ou poderia melhorar essa página sobre Zilo e Zalo fale agora mesmo com a gente!

Faltando alguma coisa aqui? Mande mais fotos de Zilo e Zalo para gente!

TODOAS AS MÚSICAS
  1. 125 views
  2. A Marca da Traição

    159 views
  3. A Porteira

    111 views
  4. A Vida de São Sebastião

    102 views
  5. Adeus Para Sempre

    10 views
  6. Além da Vida

    198 views
  7. Almas Perdidas

    129 views
  8. Amarga Decisão

    90 views
  9. Amarga Herança

    152 views
  10. Amarga Primavera

    85 views
  11. Amigo Fiel

    100 views
  12. Apaixonado

    140 views
  13. Campeão do Pialo

    265 views
  14. Castelo de Areia

    202 views
  15. Catimbau

    176 views
  16. Colchão Errado

    86 views
  17. Conselho

    163 views
  18. De Mãe pra Filho

    166 views
  19. Em busca da sorte

    95 views
  20. Eterna Companheira

    90 views
  21. Flor do Ipê

    64 views
  22. Guardarei Teu Coração

    75 views
  23. História de Um Assaltante

    33 views
  24. Lei Agrária

    112 views
  25. Lição de Caboclo

    146 views
  26. Meu Fracasso

    119 views
  27. Missão Cumprida

    82 views
  28. Mulher Inocente

    149 views
  29. Nessa Casa Tem

    139 views
  30. Novo Abrigo

    34 views
  31. O Mesmo Castigo

    91 views
  32. O Milagre do Ladrão

    125 views
  33. O Mineiro e o Italiano

    155 views
  34. O Que Vale o Orgulho

    90 views
  35. O Sono do Poeta

    141 views
  36. Padecimento

    99 views
  37. Padrinho de Casamento

    64 views
  38. Paixão Danada

    100 views
  39. Parece Mentira

    31 views
  40. Peão Patife

    33 views
  41. Pedaço de Nós

    145 views
  42. Quarto de Saudade

    87 views
  43. Rádio Vitrola

    122 views
  44. Recordação

    93 views
  45. Recusas de Amor

    87 views
  46. Rei do Gado

    118 views
  47. Sofá Cama

    110 views
  48. Sombra do Passado

    113 views
  49. Sonho Desfeito

    84 views
  50. Súplicas Perdidas

    35 views
  51. Surpresa Cruel

    33 views
  52. Telhado de Vidro

    198 views
  53. Teu Grande Dia

    110 views
  54. Traição

    149 views
  55. Travessia do Araguaia

    146 views
  56. Última Melodia

    165 views
  57. Última Serenata

    74 views
  58. Vingança do caçador

    113 views
  59. Viola Velha

    161 views
  60. Voltei

    131 views

Envie mais letras de Zilo e Zalo

>