Zico e Zeca Baixar Músicas

Zico e Zeca

Sertanejo

2073 views
Compartilhe Agora:

foto de Zico e Zeca

Irmãos de Liu e Léu e primos de Vieira e Vieirinha - filhos de Gabriel e Maria Rosa Paulino, que tiveram 13 filhos, entre eles, Zico - Antônio Bernardo da Costa - nascido em 1930 - e Zeca - Domingos Paulino da Costa - nascido em 1932 - segundo Assis Ângelo - começaram a cantar ainda meninos, apresentando-se em circos, festas e quermesses de Itajobi - SP. Em 1947, cantaram na Rádio Novo Horizonte de Itajobi. Em 1952, foram para São Paulo, recebendo apoio de Serrinha (parceiro de Serrinha e Caboclinho), que lhes arranjou instrumentos novos. Em 1953, participaram do programa "Serra da Mantiqueira", comandado por Sílvio Mota. No mesmo programa foi realizado um concurso popular que escolheu os nomes para a dupla. Logo depois foram procurados por uma marca de conhaque que desejava um programa com uma dupla exclusiva. Conseguiram rapidamente o que muitos artistas levam anos para obter, um contrato de patrocínio para um programa exclusivo: "Palhinha ao Sertão". O compositor Teddy Vieira, que era observador de novos talentos, levou-os para a gravadora Colúmbia. Em 1954, gravaram o primeiro disco interpretando o cururu "Pracinha", de Teddy Vieira e Serrinha, e a moda de viola "Besta Bailarina", de Teddy Vieira e Capitão Barduíno. E, como toda música que faz sucesso, tempos depois esta mesma música também teve uma versão contrária, não de paródia, mas chamada de resposta até no nome: "Resposta da Besta Bailarinha", também gravada pelos próprios Zico e Zeca. Em seguida,gravaram com sucesso a fábula "A enxada e a caneta", de Teddy Vieira e Capitão Barduíno, e "Capelinha do Chico Mineiro", toada de Teddy Vieira e Biguá. Em 1957, gravaram dois de seus grandes sucessos, o bolero "Cabecinha de Vento", de Bolinha e Brioso, e a guarânia "Prisioneira", de Bolinha e Zé do Rancho - E Bolinha, entre outros sucessos compôs também "Boneca Cobiçada" que esta, dupla, infelizmente não chegou a gravar. Em 1959, gravaram a toada "Luar do sertão", de Catulo da Paixão Cearense. Em 1960 gravaram na Sertanejo o rasqueado "Arrependimento", de Sebastião Vitor e Tuta e a guarânia "Luz Vermelha" de Benedito Seviero e Tião Carreiro. Em 1961 gravaram a canção rancheira "Meu Destino", de Luiz de Castro e o tango "Deusa da Madrugada", de Benedito Seviero e Sebastião Vitor. Em 1963 gravaram o rasqueado "Engano do carteiro", que foi a primeira composição gravada de autoria de Léo Canhoto - que na virada de 60/70 formaria dupla com Robertinho - e a valsa "Querer Bem", de Zico e Tuta. Tuta ao lado de Tota, teve por muito anos, às 5:00 da manha de Domingo, um programa na Rádio Bandeirantes, apresentado por Muíbo César Cury, Nascim Filho. E Muíbo César Cury em parceria com Teddy Vieira, fizaram o grande sucesso: "João de Barro", gravado também por Zico e Zeca. Em 1964, estes, gravaram o arrasta-pé "Não Vá Embora", de Tuta e Zico e o valseado "Prima Porfíria", de Nízio e José Russo. Em 1967, venceram o Festival de Música Sertaneja promovido pelas Organizações Globo e transmitido pelo Canal 5 de São Paulo, com a música "Catira", de José Di e Michel. Em 1968, gravaram, entre outras, a moda de viola "Velho Peão", de Sulino, parceiro de Marueiro, e Moacyr dos Santos, as valsas "Querer bem", de Zico e Tuta, e "Dona Jandira", de Zico, Zeca e Teddy Vieira. Esta última composição foi um dos maiores sucessos da dupla e acabou-se transformando em peça de teatro, além ter sido, por um bom tempo, a faixa que abria o programa semanal da dupla na antiga Rádio Nacional paulista, atual Rádio Globo, sob a apresentação da voz radiofônica-padrão de Edgar de Souza, o inesquecível baiano, torcedor do Santos, que apresentava várias duplas sertanejas todos os dias da semana, naquela emissora, na década de sessenta. Zico e Zeca, gravaram ainda a "Toada", de Paulo Sérgio e Tony Damito, "Adeus Pelé da seleção", de Edward e Zico, e "Só tenho uma viola", de Lourival dos Santos e Zeca. Em 1980, a dupla apresentou-se na primeira edição do programa "Viola, Minha Viola", que estreava na TV Cultura de São Paulo, comandado, inicialmente, por Morais Sarmento, depois em parceria com Inezita Barroso. Na ocasião, interpretaram "Sertão do Larnjinha" e "Boiadeiro Errante", de Teddy Vieira. Pouco depois, a dupla se afastou das atividades artísticas, retornando aos shows apenas em 1998. Em junho de 2006, apresentaram-se no programa "Viola, Minha Viola", cantando a música "Menina Graciosa", de Zeca e Zé Matão e "Botãozinho de rosa", de Serrinha, mostando pleno vigor de interpretação. A dupla foi interrompida em 30 de maio de 2007, com a morte inesperada de Zico aos 86 anos. O cantor permaneceu em coma no Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto por três semanas, após cair de um palco e bater com a cabeça, sofrendo traumatismo craniano, no final de um show em Santa Rita do Passa Quatro, (SP). Passou por cirurgia para retirada de coágulo na cabeça, mas entrou em coma, ficando assim, até a morte. Seu corpo foi velado na cidade natal de Itajobi, a 20 km de Catanduva, onde foi sepultado, com homenagens de toda a cidade que esteve presente, além de violeiros como Pedro Bento e Zé da Estrada, Abel e Caim, Lourenço e Lourival, Divino e Donizeti, Mococa e Paraíso, e Luiz Faria e Silva Neto, de Campinas. Os violeiros cantaram, ao lado do caixão, grande sucesso da dupla Zico e Zeca, "Dona Felicidade". Esta última, além espelhar o brilhantismo de Teddy Vieira na composição de músicas sertanejas, mostra um par de vozes privilegiadas, que foram os irmãos Zico e Zeca na execução perfeita desta verdadeira obra-prima, além de outras, antes e depois, do mesmo trio. A cantora e apresentadora Inezita Barroso prestou homenagem a Zico, em 29 de julho do mesmo ano, exatamente após 1 mês do seu falecimento, através de seu programa na TV Cultura de São Paulo, o "Viola, minha viola", reapresentando a edição em que Zico e Zeca fizeram um especial juntos com seus outros irmãos Liu e Léu. Nessa edição, apresentada como homenagem à família Paulino da Costa, além de cantar sucessos do cancioneiro sertanejo, os quatro cantores irmãos integraram e alternaram suas vozes ao interpretarem hits do cancioneiro caipira como "Caminheiro", de Jack; "João ninguém", de Luis de Castro e Benedito Seviero; "Ecologia", de Luis de Castro e o "Ipê e o Prisioneiro", de José Fortuna e Paraíso, "Dona Jandira" de Zico e Zeca, entre outros, e encerraram o programa apresentando um show de catira em que os quatro dançaram juntos. O programa fez 1 minuto de silêncio mostrando imagens de Zico e da dupla. Além das próprias qualidades, Zico e Zeca contaram, entre outros, com o apoio especial de Teddy Vieira, que foi um dos principais parceiros da dupla em várias composições, que transformaram em belas páginas que fizeram destes irmãos, pelo apelo de mídia e repercurssão que tiveram, principalmente na década de sessenta, auge da dupla, uma das duplas sertanejas de maior sucesso no Brasil.

Se você encontrou alguma informação errada ou poderia melhorar essa página sobre Zico e Zeca fale agora mesmo com a gente!

Faltando alguma coisa aqui? Mande mais fotos de Zico e Zeca para gente!

TODOAS AS MÚSICAS
  1. 182 views
  2. A Carta Que Recebi

    80 views
  3. A Melhor Laçada

    495 views
  4. A Outra Boiada

    180 views
  5. A Outra Mulher

    178 views
  6. A Saudade Dói

    59 views
  7. Abraço de Violeiro

    65 views
  8. Adeus Ana Maria

    56 views
  9. Adeus Boiada

    272 views
  10. Adeus Gaúcha

    55 views
  11. Adeus Pelé da Seleção

    57 views
  12. Ai Meu Bem

    143 views
  13. Ai Moreninha

    58 views
  14. Alguém É Culpado

    65 views
  15. Amargura

    62 views
  16. Amor Antigo (Prova de Amor)

    56 views
  17. Amor Passageiro

    51 views
  18. Amor Sincero

    200 views
  19. Ana Maria

    97 views
  20. Arrependimento

    372 views
  21. As Três Verdades

    54 views
  22. Asa Branca

    60 views
  23. Barco Furado

    222 views
  24. Barra Pesada

    135 views
  25. Bela Flor

    105 views
  26. Belo Mato Grosso

    60 views
  27. Besta Bailarina

    191 views
  28. Boiada Carreira

    53 views
  29. Boiadeiro Errante

    67 views
  30. Bola Na Rede

    60 views
  31. Buquê de Rosas

    59 views
  32. Cabelo de Trança

    185 views
  33. Cabelo de Trança II

    178 views
  34. Caboclo Decidido

    128 views
  35. Caboclo Ventania

    83 views
  36. Caminhos da Vida

    59 views
  37. Caminhos Desiguais

    54 views
  38. Canarinho Dobradô

    61 views
  39. Capela

    281 views
  40. Casando Fugido

    53 views
  41. Cavalo Manso

    61 views
  42. Chão Verde

    165 views
  43. Chapéu de Couro

    67 views
  44. Condenado Por Amor

    188 views
  45. Desprezo

    167 views
  46. Duas balas de ouro

    601 views
  47. Eu Não Vou Chorar As Pitangas

    178 views
  48. Eu Te Amo Meu Sertão

    330 views
  49. Fazenda São Francisco

    371 views
  50. Filho da Roça

    347 views
  51. Flor Destruída

    326 views
  52. Ingrata

    270 views
  53. Ingratidão

    167 views
  54. Jardim da Vida

    48 views
  55. João Ninguém

    365 views
  56. Jurei

    186 views
  57. Laço Conquistador

    52 views
  58. Lembrando meu Bem

    198 views
  59. Lições que a Vida Ensina

    358 views
  60. Linda Nativa

    48 views
  61. Mãe do Pracinha

    458 views
  62. Mágoa

    299 views
  63. Mala de Saudade

    46 views
  64. Maldosa

    172 views
  65. Meu Pequeno Itajobi

    47 views
  66. Minha Rosa

    48 views
  67. Mordidinha No Nariz (Pontinha do Nariz)

    45 views
  68. Morena Ingrata

    48 views
  69. Moreninha Flor do Ipê

    45 views
  70. Mulher Ingrata

    46 views
  71. Namore Comigo Só

    39 views
  72. Não Acreditei

    44 views
  73. Não Chores Não

    45 views
  74. Não Sei Por Quê

    43 views
  75. Ninho de Amor

    511 views
  76. Ninho de Saudade

    49 views
  77. Noite Azul

    45 views
  78. Nossa Senhora da Penha

    75 views
  79. Nova Irradiação

    162 views
  80. O Ausente

    145 views
  81. O Baralho da Vida

    242 views
  82. O Padre de Tambaú (part. Gessy Fonseca e Wilson Nogueira)

    49 views
  83. O Tesouro Está No Céu

    47 views
  84. Olhos Pretos

    64 views
  85. Onde Foi Você?

    46 views
  86. Orgulho e Paixão

    61 views
  87. Pai Xangô

    106 views
  88. Paixão Desenfreada

    43 views
  89. Paixão Escondida

    45 views
  90. Paixão Maluca

    65 views
  91. Paixão Tocantinense

    50 views
  92. Paz Na Terra

    61 views
  93. Pé de Ipê

    45 views
  94. Peão da Cidade

    162 views
  95. Perdoa Essa Mulher

    48 views
  96. Pescador do Ivaí

    47 views
  97. Porque Chorei

    68 views
  98. Pracinha

    153 views
  99. Prima Porfíria

    38 views
  100. Primeiro do Ano

    47 views
  101. Priminha Linda

    47 views
  102. Professora do Desprezo

    47 views
  103. Quando a Saudade Machuca

    52 views
  104. Quanta Saudade

    368 views
  105. Rancho Vazio

    53 views
  106. Recanto do Sertão

    46 views
  107. Regresso de Gaúcho

    49 views
  108. Retrato de Carreiro

    54 views
  109. Rolinha Correio

    329 views
  110. Santa Helena de Goiás

    42 views
  111. Santa Rita de Cássia

    55 views
  112. Saudade

    298 views
  113. Saudade da Saudade (Saudade da Própria Saudade)

    74 views
  114. Saudade Vai No Peito

    65 views
  115. Saudosa Mãezinha

    50 views
  116. Segredo de Amor

    55 views
  117. Sertaneja

    171 views
  118. Só Tenho Uma Viola

    50 views
  119. Sol e a Lua

    188 views
  120. Surpresa do Destino

    42 views
  121. Talento e Formosura

    40 views
  122. Tchau Bambina

    45 views
  123. Terreiro do Zé Pilintra

    47 views
  124. Transplante de Coração

    46 views
  125. Triste Demais

    106 views
  126. Triste Primavera

    44 views
  127. Tristeza do Jeca

    54 views
  128. Tropeiro

    48 views
  129. Velho Peão

    305 views
  130. Vida Boa

    156 views
  131. Voce Discutiu Comigo

    366 views

Envie mais letras de Zico e Zeca

>