Wilson Sideral Baixar Músicas

Wilson Sideral

Outros

721 views
Compartilhe Agora:

foto de Wilson Sideral

O cantor, compositor e instrumentista Wilson Sideral chega ao seu quarto álbum de carreira. “Dias Claros” é o segundo lançamento do seu selo independente, SIDERAL EXPERIENCE, desta vez, em parceria inédita, na região sul do Brasil, com o selo ANTÍDOTO (braço pop-rock da gravadora gaúcha ACIT), dirigido por Raul Albornoz e com distribuição da UNIMAR para o restante do território brasileiro. “Dias Claros” foi produzido por Sideral e por Ruben Di Souza (Prêmio Tim de Música 2007). A engenharia de áudio ficou a cargo dos experientes Luis Paulo Serafim e Bill R. São 12 faixas, sendo oito delas de autoria apenas do artista e duas em parceria: a faixa-título, “Dias Claros”, com o habitual parceiro, o poeta Mauro Sta Cecília, letrista da canção que deu nome ao álbum anterior, “Lançado ao Mar”; e a faixa de trabalho, “Fugindo de Mim”, em parceria com o ator e letrista mineiro Caju, incluída na trilha sonora de “Malhação”, como tema do casal protagonista. Destaque também para a faixa “Minha Garota”, trilha sonora da novela “Amor e Intrigas” (Tv Record). Além das 10 faixas inéditas, o disco traz, ainda, duas releituras: “Exagerado”, de Cazuza; e “Já Foi”, mais uma parceria de sucesso entre Wilson Sideral e os mineiros do Jota Quest, que, pela primeira vez, o músico inclui em seu próprio CD. Ambas as releituras e mais duas faixas, “Tá Tudo Certo” e “Vou Também”, receberam “especiais” arranjos de cordas assinados pelo maestro Cristóvão Bastos, responsável por trabalhos com Chico Buarque, Caetano Veloso, Milton Nascimento, Gilberto Gil, Maria Bethânia, entre outros “bambas” da MPB. O investimento na qualidade de sua música pop, a sofisticação e o refinamento na produção, associados à simplicidade de suas canções certeiras, são o grande diferencial deste quarto trabalho de Wilson Sideral. Um presente aos antigos, atuais e futuros fãs do cantor, um dos mais versáteis e competentes músicos do Brasil. No dia 05 de maio de 1975, nasce em Alfenas, sul de Minas Gerais, Wilson da Silveira Oliveira Filho. A paixão pela música desperta cedo, aos 8 anos, sob direta influência de sua família. A adolescência, toda dedicada à musica, leva “Wilsinho” pela escola da vida: bandas de rock, da garagem à escola, da escola aos bares, dos bares aos bailes, o caminho natural das pedras, pedras que rolam, rock and roll (primeira influência musical de Sideral), que, aliados à música negra (o soul, o blues, e o funk) e à MPB, formam, hoje, a plataforma para a construção de sua música pop. Aos 18 anos, muda-se para Belo Horizonte, cidade onde mora até hoje. Após quatro anos como guitarrista da banda de reggae Omeriah e passagens por outros grupos, em 1997, Sideral parte para a carreira solo, cheio de letras, melodias, arranjos e sonhos na cabeça. Começa, então, a construir sua carreira na noite de Belo Horizonte, nos bares, casas noturnas, eventos universitários e shows de abertura para bandas consagradas (O Rappa, Planet Hemp, Charlie Brown Jr, Pato Fu), e em 1998, já era destaque na capital mineira e em grande parte do Estado. O sucesso definitivamente bate à porta em meados de 1998, quando uma composição sua, a canção “Fácil”, em parceria com o irmão Rogério Flausino é gravada pelo Jota Quest, tomando de assalto todas as rádios do Brasil. Em pouco tempo, a gravadora Universal Music lhe oferece um contrato para a gravação de seus dois primeiros discos: Wilson Sideral “1” (1999), produzido pelo paulista Dudu Marote, com os hits “Não Pode Parar” e “Zero a Zero”, destaque para a balada “Eu Estarei Com Você”, a funkeira “Wilsom” (“Wilson do cabelo duro”) e a bela versão “blues” de “Bem Que Se Quis”, de Marisa Monte. O artista inicia uma longa e consagrada turnê de estréia, com mais de 250 apresentações, incluindo a participação nos maiores festivais de música do país (Rock in Rio 3 – RJ, Planeta Atlântida – RS / SC, Pop Rock Brasil - MG,); o segundo CD, “Na Paz” (2002), produzido por Tadeu Patola, foi indicado ao Grammy Latino como melhor álbum de rock brasileiro, destacandose as canções “Simples”, com participação especial de Dinho Ouro Preto, a balada “Ela Foi Embora”, a versão do clássico “Para Lennon e McCartney” e “Um Beijo Seu”, incluída na trilha sonora de “Malhação”.. Em julho de 2004, Wilson Sideral monta o seu selo independente SIDERAL EXPERIENCE, e, em outubro do mesmo ano, lança, em parceria com a Universal Music, o terceiro álbum, “Lançado ao Mar”, seu disco de maior êxito, com destaque para as canções “Lançado ao Mar”, “Hollywood Star”, “Cinco Dias”, a belíssima “O Amor Só Descansa Quando Morre” com letra do escritor Paulo Coelho, e a balada soul “Maria”, esta, em dueto com o irmão Rogério Flausino. Com o pé na estrada, o artista realiza novamente uma longa turnê, com mais de 250 apresentações, entre shows, projetos musicais (Sideral Experience) e participações especiais em programas de rádio e TV. Agora é a hora de “Dias Claros”, o CD e a turnê “Dias Claros”, que começa em janeiro de 2008 e deverá se estender também por 2009. Novo show, novo cenário, novo site, novas músicas, novos tempos. Durante a turnê “Dias Claros”, como parte das comemorações de seus dez anos de carreira, Wilson Sideral planeja a gravação e o lançamento de seu primeiro CD e DVD “Ao Vivo”. Uma celebração de sua música e da cultura de Minas Gerais, seu Estado do coração. Histórias para contar, grandes canções e convidados muito especiais... Por hora, ouça “DIAS CLAROS” .

Se você encontrou alguma informação errada ou poderia melhorar essa página sobre Wilson Sideral fale agora mesmo com a gente!

Faltando alguma coisa aqui? Mande mais fotos de Wilson Sideral para gente!

>