Realidade Cruel Baixar Músicas

Realidade Cruel

Outros

1448 views
Compartilhe Agora:

foto de Realidade Cruel

Realidade Cruel, grupo do interior paulista, cidade de Hortolândia, formado em 1992 por Douglas, DJ Bolha, Minho e Moicano. Esta 1ª formação durou até o verão de 93, quando Minho e Moicano se desligaram do grupo por razões pessoais. O grupo então parou suas atividades até o início de 94, retornando já com a 2ª formação: Keno, DJ Bolha e Douglas, a qual se estabeleceu até meados de 98. Nesse meio tempo, entre 94 e 98, o grupo realizava apresentações em eventos espalhados nas cidades do interior. O Realidade Cruel chegou a participar de uma coletânea em 1997, entitulada na época de Campinas no Ar, coletânea essa que não chegou a ser concretizada por problemas burocráticos por parte dos organizadores. Em 98 surge mais um integrante no grupo. A formação então ficou sendo Douglas, DJ Bolha, Keno e Flagrante. Em 1998 então o grupo, ainda integrado por DJ Bolha e Keno, recebe a proposta de gravar seu primeiro trabalho pelo selo Face da Morte Produções, que teve o álbum intitulado "Só Sangue Bom", lançado em 1999, onde contam com faixas já bem conhecidas pelo público do rap nacional, ressaltando o sucesso "Dia de Visita", música que ficou alguns meses consecutivos em primeiro lugar como música mais pedida nas rádios que apoiam o movimento rap. Após "Só Sangue Bom", o grupo lança "Entre o Inferno e o Céu" em 2000, e dois anos depois o álbum "Mais Cruel do que Nunca". Em 2004, o grupo de Hortolândia, São Paulo, lança o seu quarto álbum, intitulado "Quem Vê Cara não Vê Coração", com letras fortes e uma batida inconfundível, que já ganhou um estilo Realidade Cruel de fazer rap, com isso têm conquistado com muito esforço a cena do rap. Seu mais novo álbum, lançado em 2007, chama-se "Dos Barracos de Madeirite… aos Palácios de Platina", contendo dois CDs,com a formação:Douglas, Flagrante, Karol e Dj Bola 8. Em 2009, o integrante Flagrante converteu-se a uma igreja evangélica, e Karol voltou da prisão onde cumpria pena por tráfico de drogas, causando mudanças na estrutura do grupo. O vocalista Grégory (ex-Total Drama) integrou o grupo em alguns shows, assim como Léo que também fazia parte do Total Drama. Grégory segue carreira solo e Léo passou a fazer parte do Realidade Cruel que atualmente é formado por Douglas, Karol, Léo e Dj Bola 8.Com essa nova formação o grupo já lançou algumas músicas e seu primeiro DVD.

Se você encontrou alguma informação errada ou poderia melhorar essa página sobre Realidade Cruel fale agora mesmo com a gente!

Faltando alguma coisa aqui? Mande mais fotos de Realidade Cruel para gente!

>