Erikka Rodrigues Baixar Músicas

Erikka Rodrigues

Pop

643 views
Compartilhe Agora:

foto de Erikka Rodrigues

Conhecida nacionalmente por ter uma das vozes mais potentes e afinadas do país, Erikka Rodrigues antes conhecida como Erikka Supernova nasceu em Diadema, na região do ABC em São Paulo e foi inserida, desde muito cedo, no cenário musical. Seu pai trabalhou com música e contratava fenômenos da música sertaneja da época, como Theodoro e Sampaio, por exemplo. Ele ficou surpreso ao ver que a filha cantava as músicas desses ídolos com muito estilo, afinação e, principalmente, personalidade. Aos 18 anos, Erikka decidiu que era o momento pra começar e integrou o grupo de música da Igreja católica que frequentava. Além disso, a influência da música mineira também falou alto por meio de suas viagens com a família à cidade de Ipanema, no interior de Minas Gerais. Em 2001, participou de um concurso musical em um shopping de Diadema. Era o início de sua vida nos palcos. Pouco tempo depois, ela despontaria no cenário nacional, ao participar do Programa Raul Gil (TV Record). "A música é uma coisa que estava naturalmente presente na minha vida. Ia muito para Minas Gerais e ouvia muita moda de viola", afirmou. As influências remetem também à música negra, estilo musical que sempre admirou, e à cantora Elis Regina. Dessa junção, Erikka formou seu repertório: músicas românticas e, segundo ela, cheias de emoção. Depois de sua participação no programa Raul Gil, ela gravou o disco "Perdida de amor", com três canções suas. Na época, o CD vendeu, em três dias, pelo menos 22 mil cópias. No total foram 80 mil cópias vendidas. A música romântica, aliás, dá o tom de suas apresentações. Nelas, canta Roberto Carlos, Elis Regina, Whitney Houston, Zezé di Camargo e Luciano, entre outros. "Gosto de cantar coisas que toquem o coração, que mexam com o meu sentimento e, conseqüentemente, com o das pessoas", conta Érikka. Erikka diz que, em relação à cultura, a cidade de Diadema, assim como todas as cidades do Brasil, precisa de mais. "Nunca é o suficiente em termos de cultura, de apoio à classe mais pobre. Eu acho que falta apoio em Diadema. Eu moro lá e vejo isso. Vejo que uma praça ou um centro comunitário ajuda as pessoas a procurar novos caminhos." E completa: "Onde existem essas coisas e elas funcionam, você percebe que o bairro é mais educado. As pessoas são mais gentis. Onde não há, as pessoas se perdem muito". Além da música, a cantora se enveredou também pelo teatro. No momento, está na peça "Emoções que o tempo não apaga – uma crônica musical", em cartaz no Maksoud Plaza (2006 a 2009). "Procurei o teatro para melhorar minha timidez", diz. No dia-a-dia, Erikka se define bastante brincalhona, embora ainda conserve certa timidez – que ela jura nunca ter a atrapalhado. Gosta de estar com os amigos, ir ao cinema e acessar a internet – o site de vídeos You Tube, para ser mais exato. Em 2009 gravou uma participação especial no DVD de Agnaldo Rayol. O DVD ‘Agnaldo Rayol-50 anos depois’ (Sony Music) traz um dueto na música "Vai me proteger" (The prayer). A canção que virou música de trabalho, é uma versão de Alexandre Arez e Erika Rodrigues. Erikka apresentou seu show "Soul Pop Romântica" . Em "Soul Pop Romântica", a artista mostra sua versatilidade e assume sua veia popular em releituras de grandes sucessos. Erikka apresentou ainda duas composições inéditas de sua autoria. Foi em 2012 – após ser contratada para um show para a mesma Feira agropecuária que seu pai vendia shows, no passado, que Erikka decidiu dedicar sua carreira à música sertaneja e resgatar suas origens, agregando tudo o que aprendeu nos projetos anteriores, como dança e a sonoridade pop, e somar ao sertanejo para resultar na nova fase da cantora. A música “Só que não”, que está sendo lançada pela Sony Music, marca a volta da cantora ao estilo que sempre a influenciou e a colocou no cenário musical: o sertanejo. Em fevereiro de 2014 lançou seu EP intitulado "O Quinto Elemento". Para ela o EP, que possui seis faixas, é uma nova fase de sua carreira e traz uma nova visão do sertanejo. “As pessoas enxergam o sertanejo de uma forma. Eu tento trazer uma nova roupagem, algo voltado mais para o pop”, explica a cantora, que utiliza danças em seus videoclipes. “Sempre quis unir as duas coisas – sertanejo e dança – e acho super divertida a nossa proposta. As coreografias que monto com Felipe Batista (coreógrafo de Erikka) são bem dançantes e fáceis de se aprender, para que todos participem dessa ‘festa’”, conta. "Desde pequena a música estava presente em mim. E ainda que eu tivesse pouco contato com ela, fui descobrindo, dia após dia, que ela se tornava meu principal alimento. E depois de me guardar por tanto tempo, decidir não me esconder mais" (Erikka Rodrigues)

Se você encontrou alguma informação errada ou poderia melhorar essa página sobre Erikka Rodrigues fale agora mesmo com a gente!

Faltando alguma coisa aqui? Mande mais fotos de Erikka Rodrigues para gente!

>