Celso Fonseca Baixar Músicas

Celso Fonseca

Bossa Nova

490 views
Compartilhe Agora:

foto de Celso Fonseca

Fonte: Site Oficial Carioca, começou na música tocando violão, influenciado por Baden Powell e pela música dos Beatles ao mesmo tempo. Em 1981 estreou profissionalmente tocando com o saxofonista Roberto Guima, e em seguida entrou como guitarrista na banda de Gilberto Gil, o que lhe abriu as portas para tocar e gravar com outros grandes nomes da MPB, como Milton Nascimento, Djavan, Gal Costa, Benjor, Chico Buarque, Caetano Veloso, Elza Soares, Marisa Monte, Adriana Calcanhotto, João Bosco e outros. Ao lado desses músicos gravou discos, adquirindo ampla experiência em estudio, e rodou o mundo, participando de vários festivais internacionais. Sua carreira de produtor começou em 1986, com Vinícius Cantuária, de quem produziu 2 discos. Em seguida foi o produtor de Dulce Quental, Gilberto Gil ("O Eterno Deus Mu Dança"), Daúde, Virgínia Rodrigues, Daniela Mercury, Gal Costa ("Aquele Frevo Axé"), do grande mestre da guitarra portuguêsa António Chainho, da cantora japonesa Chie, da brasileira Paula Morelenbaum e diversos outros. Como compositor, sua carreira começa em 1983, de quando datam suas primeiras parcerias com Ronaldo Bastos. Logo "Sorte" foi gravada por Gal Costa e Caetano Veloso no LP "Bem Bom" (85), e depois disso Celso Fonseca foi gravado por muitos outros intérpretes, como Nana Caymmi ("A Noite É Meu Ópio", "Flor Lunar"), Zizi Possi ("Mania"), Ney Matogrosso ("Um rei "), Carlinhos Brown ("Bog la Bag"), Belô Velloso ("Polaróides"), Maria Bethânia ("Sei de Cor"), Gilberto Gil ("O eterno Deus Mú dança"), Ney Matogrosso ("Um Rei"), Daniela Mercury ("Nossa música"), Ana Carolina ("Só fala em mim"), Gal Costa ("Comunidá"), Verônica Sabino ("Não se afasta de mim") entre outros. Seu primeiro disco solo é de 1986, "Minha Cara". O segundo, "O Som do Sim", veio em 93, pela Natasha, e foi seguido pela trilogia criada em parceria com Ronaldo Bastos, lançada pela Dubas contendo: "Sorte" (94), "Paradiso" (97) e Juventude / Slow Motion Bossa Nova (2001). Esse último foi indicado ao Grammy Latino em 2002 em duas categorias: melhor disco de MPB e melhor canção de MPB (" A voz do coração"). Seu último disco "Natural", foi lançado em 2003 pelo selo belga Ziriguiboom/Crammed na Europa, EUA e Japão. Sua música Slow Motion Bossa Nova "foi por quatro vezes, tema da campanha publicitária das sandálias Ipanema com a modelo Gisele Bündchen. Desde então Celso tem excursionado com sua banda pela Europa e Japão, se apresentando em festivais e casas importantes como as do circuito Blue Note. Ele foi o segundo artista brasileiro a gravar o programa "Later with Jools", pela BBC de Londres. Hoje, esse é um dos programas mais importantes de música em todo o mundo, apresentado pelo músico e apresentador britânico, Jools Holland. Celso tem participado como artista convidado em diversos projetos. Entre eles: o disco "Lisboa / Rio", do grande mestre da guitarra portuguesa António Chainho, o tributo à cantora japonesa Lisa Ono ("Amigos cantam Lisa"), o disco "Sabiá" da também japonesa Chie, o disco "Uma batida diferente" do Bossacucanova e também o disco "Berimbaum" da cantora Paula Morelenbaum. Em 2005, Celso lança seu segundo disco no mercado internacional novamente pelo selo Ziriguiboom/Crammed. O disco chama-se Rive Gauche Rio e foi eleito pelo jornal inglês "The Sunday Times ",como um dos dez melhores do ano.Com ele,Celso foi cinco vezes à Europa e fez ainda uma tour promocional ao Japão, além de uma Tour costa à costa nos Estados Unidos.No ano de 2006 deve lançar esse último CD no Brasil e ainda um novo CD na Europa,Japão e Estados Unidos.

Se você encontrou alguma informação errada ou poderia melhorar essa página sobre Celso Fonseca fale agora mesmo com a gente!

Faltando alguma coisa aqui? Mande mais fotos de Celso Fonseca para gente!

>