Celly Campello Baixar Músicas

Celly Campello

Jovem Guarda

1400 views
Compartilhe Agora:

foto de Celly Campello

Dançou "Tico-Tico no Fubá" aos cinco anos numa apresentação infantil. Com seis anos cantou na Rádio Cacique de sua cidade natal e se tornou uma das participantes do “Clube do Guri” (Rádio Difusora). Estudou piano, violão e balé durante a infância. Aos doze anos já tinha seu próprio programa de rádio, também na Rádio Cacique. Com quinze (1958) foi para São Paulo junto com o irmão Tony Campello que a acompanhou em boa parte de sua carreira como cantora e atriz, e grava o primeiro disco. Estreou na televisão no programa "Campeões do Disco", da TV Tupi, em 1958. Em 1959 ganhou programa próprio junto com seu irmão Tony Campello, chamado "Celly e Tony em Hi-Fi", na Rede Record, o qual apresentou por dois anos. Sua carreira explodiu em 1959 com a versão brasileira de Stupid Cupid, que no Brasil virou Estúpido Cupido. A música foi lançada no programa do Chacrinha e se tornou um sucesso em todo país no ano de 1959. Nesse mesmo ano filma com Mazzaropi “Jeca Tatu”. Durante sua vida gravou vários outros sucessos como: Lacinhos Cor-de-Rosa, Billy, Banho de Lua entre muitos que lhe renderam inúmeros prêmios e troféus, inclusive no exterior e lhe deram o título de "Rainha do Rock Brasileiro". Para tristeza de toda uma geração que se espelhou no seu trabalho, Celly abandonou a carreira no auge aos 23 anos, para se casar e morar em Campinas. Foi em 1962, com José Eduardo Gomes Chacon, seu namorado desde a adolescência. Celly vinha sendo cogitada para apresentar o programa Jovem Guarda na TV Record, ao lado de Roberto Carlos e Erasmo Carlos. Como abandonou a carreira, Wanderléa tomou seu lugar. Em 1976, foi trazida de novo ao sucesso graças a telenovela Estúpido Cupido (mesmo nome de seu maior sucesso, de 1958) na TV Globo, na qual gravou uma participação especial. Incentivada pelo sucesso da novela, tentaria retomar a carreira, chegando a gravar um disco e fazendo alguns shows. Mas com o término da novela, voltou ao ostracismo. Celly foi uma mulher de extremo talento, sua voz era linda, seu jeito, encantador. Vítima de um câncer de mama, Celly faleceu em 3 de Março de 2003, no Hospital Samaritano em Campinas. A morte do "Brotinho de Taubaté", como era chamada, foi uma grande perda para o Brasil

Se você encontrou alguma informação errada ou poderia melhorar essa página sobre Celly Campello fale agora mesmo com a gente!

Faltando alguma coisa aqui? Mande mais fotos de Celly Campello para gente!

>