É possível tocar várias músicas com três ou quatro acordes

Eu já falei aqui no blog, dirigindo-me a principiantes, sobre tocar várias músicas com três acordes.

É possível tocar várias músicas com três ou quatro acordes

É possível tocar várias músicas com três ou quatro acordesMuita gente não leva música de três acordes a sério. Já vi até gente que chama música de três acordes de lixo. Opiniões à parte, o fato é que existem muitas músicas só com três acordes.

E com quatro então, nem se fala. Zilhões de músicas. Músicas que ficaram na história, venderam muito, muito mesmo. Não por terem quatro acordes. Ou três, ou cinco. Porque são músicas boas, bem feitas, que agradam o público.

Aliás, até onde chega minha memória musical, a grande maioria das músicas que fizeram muito sucesso, não têm um montão de acordes.

Acordes e sequencias (ou progressões)

E porque um principiante então muitas vezes tem dificuldade com estas mesmas músicas, achando que ali está tudo diferente. Pelo seguinte:

  • Não estão na mesma tonalidade
  • Os acordes não estão na mesma sequencia ou progressão
  • Um ou outro acorde pode ter uma variação

Por isso é que os músicos precisam compreender sequencias de acordes. Independentemente da tonalidade. Veja um exemplo.

Suponhamos que você conheça duas músicas, com os seguintes acordes:

  • Música 1 – C, Am, F, G (1, 6, 4, 5)
  • Música 2 – D, Bm, G, A (1, 6, 4, 5)

Só pelo fato de serem duas tonalidades diferentes, a um principiante já parece diferente. Mas não é. As duas sequencias são exatamente iguais, apenas em tonalidades diferentes.

Mas se tivermos uma outra situação, assim:

  • Música 1 – C, Am, F, G (1, 6, 4, 5)
  • Música 2 – C, G, Am, F (1, 5, 6, 4)

Seria então a mesma tonalidade, os mesmos acordes, mas as duas sequencias são diferentes.

Outro caso, que complicaria um pouco mais, seriam os mesmos acordes, sequencias diferentes e tonalidades diferentes.

Aqui, quando digo os mesmos acordes, refiro-me à posição dos acordes em relação ao campo harmônico (repare nos números após as sequencias de acordes). Leia o artigo Harmonia musical e irá compreender melhor isso.

Quatro acordes… 36 músicas

No vídeo abaixo, você pode ver como alguém conseguiu tocar 36 músicas com os mesmos quatro acordes e na mesma sequencia. À primeira vista, fica parecendo muito simples, mas na verdade nem é tanto assim.

As músicas utilizadas provavelmente têm variações desta sequencia e também tonalidades diferentes. Quem fez este trabalho, pegou apenas o pedaço de cada música com a mesma sequencia e tocou todas na mesma tonalidade.

No vídeo, é usada uma sequencia 1, 5, 6, 4 na tonalidade E. Portanto: E, B, C#m, A

Veja Também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *